Upherb logo

Pesquisa

Biblioteca

SUSSUAIÁ: Espécie em expansão e de difícil controle

Nativa do continente americano, Elephantopus mollis (Pata de Elefante, Sussuaiá) é da família Asteraceae e ocorre dos Estados Unidos até o Uruguai. Comum em campo nativo, recentemente surgiu como planta daninha nas áreas de cultivo de grãos em alguns pontos da região norte e centro do Rio Grande do Sul.

Sussuaiá é perene, com dispersão principalmente por sementes. Depois de instalada na área, propaga-se pre-ferencialmente por rizomas, formando reboleiras (Balbinot, 2016). É uma planta herbácea que concentra suas folhas na parte basal (Figura 1A). As folhas apresentam forma oblonga ou oval, dispersas de forma alternada ao longo do caule (Figura 1B), com o brotamento de novas folhas debaixo de folhas já estabelecidas (Figura 1C), indicando presença de pontos de crescimento próximos ao nível do solo, conferindo-lhe grande capacidade de rebrote.

No Brasil, não existem produtos registrados para o controle de Sussuaiá, bem como estudos concretos a esse respeito. Herbicidas comumente utilizados de forma isolada, como o glifosato, paraquate e metsulfurom, possuem pouco efeito. No Havaí, o controle desta planta daninha foi obtido com uma roçada, com posterior aplicação de 2,4-D no início do inverno. Na Austrália, a mistura formulada de triclopyr + picloran possui registro para o controle da espécie (Queensland Government, 2013).

CONTATO

Entre em contato conosco

O UP-Herb – Academia das plantas daninhas disponibilizará:

  • Palestras técnicas presenciais ou online
  • Webinars
  • Cursos de curta duração
  • Treinamentos e consultoria in loco