Upherb logo

Pesquisa

Manejo Químico

PIROXSULAM

Eng. –Agr. Dr. Mauro Antônio Rizzardi Professor da Universidade de Passo Fundo, RS

N-(5,7-dimethoxy[1,2,4]triazolo[1,5-a]pyrimidiin-2-yl)-2-methoxy-4- (trifluoromethyl)-3-pyridinesulfonamide é uma molécula disponível para uso na modalidade de pós-emergência na cultura Trigo. As suas principais características podem ser visualizadas no Quadro 1.


Quadro 1 – Algumas propriedades físico-químicas do piroxsulam

Uso herbicida

Piroxsulam é classificado no Grupo 2 (WSSA) e no Grupo B (HRAC). Herbicida seletivo para o controle de espécies poáceas (gramíneas) e de folhas largas (Quadro 2). Seu uso é em pós-emergência, quando as plantas daninhas estiverem com 2 a 4 folhas.

Quadro 2 – Plantas daninhas controladas com o herbicida piroxsulam

*Produto comercial = Tricea ®*

Comportamento na planta

Herbicidas do grupo das sulfonanilidas triazolopirimidinas, com o piroxsulam, inibem a enzima acetolactato sintase (ALS). Essa enzima é chave na biossíntese de aminoácidos de cadeia longa leucina; isoleucina e valina (Figura 1).

Os sintomas incluem atrofia e clorose, seguido da necrose e morte da planta. Os sintomas da injúria de piroxsulam são típicos dos herbicidas inibidores da ALS e geralmente resultam na seguinte sequência nas plantas sensíveis: imediata paralização no crescimento; clorose nas folhas; manchas avermelhadas nas nervuras inferiores e no ponto de crescimento; necrose do meristema apical e morte da planta. Os sintomas se iniciam em poucos dias após a aplicação, que culminam com a morte da planta aos 10 a 14 dias após a aplicação.

Piroxsulam é absorvido pelas folhas; parte aérea emergente e raízes, sendo móvel na planta pelo xilema e floema. As folhas e raízes são as vias primárias de absorção. Após translocado, o produto se acumula nos tecidos meristemáticos da planta.

Comportamento no solo

Piroxsulam é moderadamente adsorvido ao solo. Os estudos de dissipação indicam limitado movimento no perfil do solo. O herbicida é mais adsorvido na matéria orgânica do que nos coloides inorgânicos do solo. Sua solubilidade aumenta com o pH do solo.

A degradação é rápida devido a ação microbiana, sendo geralmente mais acelerada em condições de pH maior do que o seu pKa e em solos com menor teor de matéria orgânica.


Figura 1 – Inibição da rota de síntese de enzima Acetolactato Sintase (ALS) pelo herbicida piroxsulam

Bibliografia consultada

Weed Science Society of America. Herbicide Handbook. WSSA (Lawrence). Edição 10, 2014. 513p.



 

CONTATO

Entre em contato conosco

O UP-Herb – Academia das plantas daninhas disponibilizará:

  • Palestras técnicas presenciais ou online
  • Webinars
  • Cursos de curta duração
  • Treinamentos e consultoria in loco