Upherb logo

Pesquisa

Plantas Daninhas

JOÁ

(Solanum sisymbriifolium) – Código SOLSI

Espécie reproduzida por sementes, que apresentam dormência. A germinação é estimulada por temperaturas alternas, não sendo necessário estímulo luminoso. A germinação é elevada até uma profundidade de 4cm, decrescendo a partir de profundidades superiores a 8cm.

Planta herbácea ou subarbustiva, com até 1,2m de altura. Possui intensa ocorrência de espinhos rígidos, robustos, retos, amarelo-alaranjados sobre ramos, pecíolos, nervuras, pedúnculos, ráques e cálices.

O caule é sublenhoso na parte inferior, onde chega a 6cm de diâmetro; é comum haver um curto caule bienal, do qual saem ramos anuais. A raiz principal é pivotante, com numerosas raízes secundárias tortuosas. Não ocorrem rizomas.

As folhas são alternas ou subopostas, pecioladas, com limbo membranáceo com até 20cm de comprimento. As margens são geralmente denteadas, com forma e intensidade dos recortes variável dentro da espécie. A coloração das folhas é verde.

As inflorescências são compostas por flores dispostas em racemos extra- axilares, sendo os superiores subterminais. Corola membranácea, plissada, com 5 lobos largamente triangulados, com 4 a 4cm de diâmetro, de coloração branca ou azulada; externamente os lobos apresentam uma faixa de curtos pelos.

O fruto indeiscente carnoso, solanídio, é alaranjado a vermelho-amarelado, quando imaturo e preto quando maduro. É glabro, liso, brilhante, com 20 a 30 sementes por fruto.

As sementes são liberadas com o apodrecimento do fruto. São comprimidas, elipsóides ou subdiscóides e sem alas.

A plântula é composta por hipocótilo cilíndrico, liso e grabro. Folhas cotiledonares pecioladas, de limbo semicarnoso e lanceolado. Epicótilo cilíndrico. Folhas verdadeiras pecioladas, com limbo de formato irregular, passando a fortemente lobado já a partir da 2 a e 3 a folhas, de coloração verde. Os pecíolos das folhas cotiledonares e o epicótilo apresentam esparsos pelos simples. Os pecíolos das folhas verdadeiras são intensamente pilosos e podem apresentar espinhos rígidos, retos e agudos.
 

Texto adaptado de Kissmann, K. G. e Groth, D, 2000; Fotos: Mauro Antônio Rizzardi

Galeria de fotos

CONTATO

Entre em contato conosco

O UP-Herb – Academia das plantas daninhas disponibilizará:

  • Palestras técnicas presenciais ou online
  • Webinars
  • Cursos de curta duração
  • Treinamentos e consultoria in loco